quinta-feira, 22 de agosto de 2013

*** Delírios ***


Não quero colo, nem me calo!
Quero beijos quentes, suado a devidos intervalos.
Aquecer teu sexo entre as minhas linhas triangulares.
Ser curso húmido, único pra a tua língua lenta.
Quero entreabrir as coxas.
Sentir-te crescer em MIM.
Sugar de MIM, o vinho do teu desejo.
Até que o desejo se queixe de dor!

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Prazeres solitários

ELA - "Apeteces-me! Só de me lembrar dos teus dedos, da tua língua "frenética", do teu sexo em MIM "

ELE - "Faz sozinha princesa! ... Enquanto pensas em mim..."

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

UM ANO ...

Um ano de partilha...
Um ano de devaneios...
Um ano de segredos...
Um ano de fantasias...
Um ano de sonhos...
Mas, também, de algumas mágoas...
... OBRIGADA ...
A ti que me segues...
A ti que me comentas...
A ti que me lês mas, não dizes nada...
... OBRIGADA ...

Eu vou continuar por aqui...
... partilhando ...
Segredos...
Imagens…
Fantasias...
Sonhos…
Desejos…
Vontades…
Momentos…
Delírios…
… PECADOS …
Eu vou continuar por aqui...
Partilhando [ME]

quinta-feira, 15 de agosto de 2013



"O desejo exprime-se por uma carícia, tal como o pensamento pela linguagem!"


(Jean-Paul Sartre)

... assim se exprime o meu desejo por TI ...
... com simples caricias ardentes ...
... em pensamentos silenciosos de desejo que habitam em mim ...
... simplesmente assim me confesso a TI ...

domingo, 11 de agosto de 2013

Somos

Mistura explosiva, combinação deliciosa de sabores. Somos encontros e desencontros, olhares que se surpreendem e sorriem, em jeito de provocação. Somos perguntas inconvenientes e respostas à altura. Somos gargalhadas, somos frases soltas, somos momentos. Somos beijos que nos fogem da razão e acabam por existir por si mesmos. Somos fugas do mundo e encontros sob a luz de um qualquer velho candeeiro de rua. Somos tudo isso sem mudar em nada quem somos e sem mudar o que sentimos.


***
Será que nos sentimos um ao outro? 
Será que sentimos quando nos percorremos em beijos? 
Será que sentimos quando a noite nos vence e acabamos por ficar juntos sem pensar no que poderá acontecer depois? 
Será que sentimos quando dizemos que não mas acabamos por ceder? 
Será que sentimos quando caímos na tentação de ser um para o outro? 
Será que sentimos quando passamos a ser dois em um?

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Os meus sentidos


Os meus sentidos aguardam-te. 
Pressentem-te cada vez mais próximo. 
A tua voz. 
A tua cor. 
O teu sabor. 
O teu cheiro. 
A tua pele. 
Estás mesmo aqui ao lado. 
Chega. 
Depressa. 
Invade-me. 
Sente-me. 
Rouba-me. 
A alma. 
A pele. 
Leva-me. 
Não me dês tempo para responder. 
Sê meu. 
Escreve-me. 
Lê-me. 

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

***

O nosso desejo tem códigos específicos, livres de tabus ou impedimentos...
O nosso desejo ultrapassa os obstáculos intransponíveis leis ou formulas pré-estabelecidas...


...O nosso desejo tem códigos só por nós conhecidos...